MÚSICAS DE ANIME CANTADAS POR ÍDOLOS DE K-POP!

MÚSICAS DE ANIME CANTADAS POR ÍDOLOS DE K-POP!

Os animes e o K-pop são dois produtos culturais que estão cada vez mais andando juntos atualmente. Hoje a indústria de animações japonesas tem dado mais atenção aos manhwas e webtoons (mangás coreanos) e os adaptando para televisão, como é o caso de Tower of God, The God of High School e Noblesse. Além disso, vários artistas e grupos da Coreia do Sul participam de aberturas e encerramentos dessas obras do Japão, cantando em japonês. Pensando nisso, nós da Korall Design fizemos uma lista com essas músicas que você talvez não conheça, ou não saiba sua autoria. Venha saber mais sobre as canções, seus cantores e as séries de que fazem parte!

Blue Exorcist (2PM)

A primeira temporada de Blue Exorcist estreou em 2011, com 25 episódios produzidos pelo estúdio A-1 Pictures. Tanto o mangá original como o anime estão disponíveis legalmente no Brasil, através da editora JBC e dos streamings Netflix e Crunchyroll. A história é centrada nos gêmeos Rin e Yukio Okumura, que descobrem que são filhos de Satã e passam a fazer parte da Academia Verdadeira Cruz, uma escola para formar exorcistas. Nós já fizemos um post sobre essa obra aqui na Korall Design, que você pode conferir neste link.

O ano de 2011 e esse anime também marcaram a estreia do 2PM no mercado musical japonês. Esse grupo masculino sul-coreano foi formado em 2008 pela JYP Entertainment e atualmente tem seis integrantes. Seu debut single de língua japonesa, Take Off, foi usado como o primeiro encerramento de Blue Exorcist. O boy group veterano foi um dos pioneiros nesse quesito e com certeza abriu portas para os que vieram a seguir. A ending não está disponível de maneira oficial no Youtube, mas você pode conferir o clipe da música abaixo:

Tower of God (Stray Kids)

Tower of God, adaptação em anime do mangá coreano de mesmo nome, foi o primeiro Original Crunchyroll e contou com a parceria do site WEBTOON. Os 13 episódios da primeira temporada foram lançados em 2020, com a produção da Telecom Animation Film. O protagonista dessa história é um garoto chamado Bam, que não tem memórias sobre seu passado. Sua única amiga, Rachel, é escolhida para escalar a Torre, uma estrutura misteriosa envolta em magias que promete conceder os maiores desejos a quem conseguir chegar até o topo. Ao segui-la, o menino faz novos amigos (e inimigos) e se depara com enormes segredos. Se quiser saber mais, também fizemos post sobre a obra, então confira aqui.

O grupo masculino Stray Kids, também da JYP Entertainment, foi formado em 2017 através do reality show de mesmo nome e hoje possui oito membros. Eles ficaram responsáveis tanto pela abertura como pelo encerramento de Tower of God, com as músicas Top e Slump respectivamente. Antes disso, eles já haviam lançado versões em japonês de suas canções em formato de singles, mas essas foram as primeiras originais japonesas. Depois, as faixas foram incluídas no álbum All In, junto com outras inéditas. Você pode conferir os vídeos de opening e ending abaixo:

O K-pop é conhecido por suas coreografias elaboradas e o Stray Kids é um grupo que foca bastante na dança, então claro que isso não poderia faltar, mesmo em uma música em japonês. Você pode conferir o clipe de Top, que mostra esses movimentos, clicando aqui. Já o MV de Slump contém imagens do anime e bastidores da gravação em estúdio, que você pode ver neste link. Eles ainda mostraram todo seu talento vocal ao vivo no canal The First Take, então não deixe de assistir aqui. Os meninos também fizeram versões em coreano e inglês para as canções, que são exibidas nas dublagens de Tower of God nessas línguas. Elas estão disponíveis no Spotify.

The God of High School (CIX)

Outro Original Crunchyroll em parceria com a WEBTOON, The God of High School é mais uma adaptação animada de manhwa de 2020. A produção dos 13 episódios da primeira temporada ficou por conta do estúdio MAPPA. A história é focada no torneio que dá nome ao anime, que busca encontrar o melhor lutador do ensino médio através de seletivas municipais, nacionais e mundiais. Qualquer tipo de modalidade está valendo, desde artes marciais até esgrima, inclusive com alguma ajuda sobrenatural. À medida que a trama progride, conhecemos competidores (como o protagonista Mori Jin), organizadores e vamos descobrindo os segredos por trás da competição.

Quem ficou responsável pelo encerramento desse anime foi o CIX (pronuncia-se C-I-X, como se fosse uma sigla). Esse grupo masculino foi formado em 2019 pela C9 Entertainment e tem cinco membros, sendo que três deles são bem conhecidos na indústria da música sul-coreana: Bae Jinyoung, que competiu no reality show Produce 101 e fez parte da banda Wanna One; BX, também chamado de Byunggon, participante da competição Mix Nine; e Seunghun, que foi competidor no YG Treasure Box junto com Byunggon. Eles lançaram seu primeiro álbum em língua japonesa apenas três meses depois de seu debut na Coreia do Sul. Para a trilha sonora de The God of High School, eles apresentaram o single Win. Curiosamente, ele é todo cantado em inglês, não em japonês, mas também teve uma versão em coreano. Confira a ending abaixo:

Noblesse (Jaejoong e Oh My Girl)

Mais uma parceria entre Crunchyroll e WEBTOON nessa lista. O manhwa de Noblesse já tinha sido adaptado para ONA (Original Net Animation, animação feita direto para a internet) em 2016, mas depois se tornou uma série de anime em 2020, com um total de 13 episódios. Ambas as obras foram produzidas pelo estúdio Production I.G. A trama é centrada em Cadis Etrama di Raizel, o mais poderoso entre os nobres, que são seres sobrenaturais. Rai, como é chamado, acorda depois de 820 anos e descobre que o mundo mudou muito nesse tempo. Com a ajuda de seu leal servo, Frankenstein, e de seus novos amigos humanos, Raizel precisa se adaptar à sociedade moderna e à escola, além de enfrentar uma organização misteriosa conhecida como União e resolver os problemas acumulados nesses anos em que esteve dormindo.

A abertura de Noblesse, Breaking Dawn, é cantada pelo cantor Jaejoong, que está na ativa desde 2003. Ele já foi membro do grupo TVXQ e hoje faz parte do JYJ, da C-JeS Entertainment, mas também tem uma carreira solo. O artista é bem experiente na indústria da música, tanto na Coreia do Sul como no Japão, então a canção fez bastante sucesso. Já o encerramento, Etoile, fica por conta do grupo feminino Oh My Girl, que hoje tem sete integrantes e é administrado pela WM Entertainment. Desde seu debut em 2015, as meninas já lançaram vários álbuns em língua japonesa. Tanto a opening como a ending têm também versões em coreano e inglês. Confira abaixo:

As meninas do Oh My Girl também lançaram um clipe de Etoile, com cenas do anime e bastidores da gravação da música. Se quiser conferir, visite este link.

Black Clover (Tomorrow x Together e Treasure)

Enquanto a maioria dos animes hoje é separada em temporadas mais curtas, Black Clover segue o formato mais antigo: os episódios estreiam semanalmente desde 2017, acumulando 165 deles até o momento. Nesse universo, todos têm algum tipo de poder mágico, alguns mais e outros menos. A história é focada em dois amigos rivais: Asta, que aparentemente não possui magia alguma; e Yuno, um prodígio muito talentoso e poderoso. Ambos têm o mesmo objetivo: tornarem-se o próximo Rei Mago. O anime, produzido pelo estúdio Pierrot, está disponível na Crunchyroll, com lançamento simultâneo com o Japão, e o mangá original é publicado no Brasil pela editora Panini.

Já que é comum que os animes mais longos troquem de opening e ending após certa quantidade de episódios, Black Clover tem muitas OPs e EDs diferentes. Dois grupos de K-pop participaram da trilha sonora. A abertura número 12, de 2020, é cantada pelo Tomorrow x Together, também conhecido como TXT. Esse grupo masculino estreou em 2019, com cinco membros, e é administrado pela Big Hit Entertainment (a mesma do famoso BTS). A banda já tinha lançado versões em japonês de suas músicas, mas Everlasting Shine foi a primeira original na língua. 

Por sua vez, o encerramento atual do anime (número 13, de 2021), é interpretado pelo Treasure. O boy group da YG Entertainment foi formado através do reality show YG Treasure Box, então vem chamando a atenção desde antes de sua estreia oficial. O debut com os 12 integrantes finais aconteceu em 2020. Beautiful, música feita para Black Clover, foi a primeira do grupo em japonês. Eles anunciaram que vão lançar um álbum inteiro em língua japonesa em março deste ano. Entre todas as citadas nessa lista, essa é a única banda que tem membros japoneses em sua formação. São eles: Yoshi, Mashiho, Asahi e Haruto. Confira os vídeos abaixo:

World Trigger (Tomorrow x Together)

A segunda temporada do anime World Trigger, adaptado de mangá, estreou agora em janeiro de 2021, sendo que a primeira foi lançada de 2014 a 2016. Até o momento são 76 episódios no total, produzidos pela Toei Animation, e eles estão disponíveis na Crunchyroll. Nessa história, os habitantes de Mikado precisam batalhar com os Vizinhos, seres poderosos de outra dimensão que saem do Portal. Uma nova organização chamada Fronteira então desenvolve uma tecnologia para lutar com eles, chamada de Triggers. Os dois protagonistas são Yūma Kuga, um Vizinho humanoide e poderoso que vive em segredo entre os humanos; e Osamu Mikumo, um aprendiz da Fronteira que precisa ajudar o novo amigo a não ser descoberto e a se adaptar à cidade.

O Tomorrow x Together não tem apenas Black Clover em seu repertório de animes. Esse ano, eles também ficaram responsáveis pela abertura da segunda temporada de World Trigger, intitulada Force. Essa música, junto com Everlasting Shine, faz parte do novo álbum em língua japonesa do grupo, o Still Dreaming, que estreou agora em 2021. O lançamento ainda conta com versões em japonês de suas canções em coreano e outras inéditas. Assim como o Stray Kids, o TXT também se apresentou ao vivo no canal The First Take, então você pode conferir neste link. Veja a opening abaixo:

King’s Raid (Dreamcatcher)

Diferente do que estamos acostumados, o anime King’s Raid é uma adaptação de um jogo coreano de mesmo nome, não de um mangá ou manhwa. A animação de 2020 não está disponível de forma oficial no Brasil no momento, mas você pode baixar o videogame de 2016 gratuitamente no seu celular. (Porém, vale lembrar que ele permite microtransações pagas). Esse mobile game estilo RPG foca em Kasel, um cavaleiro em treinamento do continente Orbis que procura por seu irmão desaparecido. Durante a jornada, ele encontra novas pessoas, que se tornam personagens jogáveis.

A segunda abertura de King’s Raid é cantada pelo Dreamcatcher. Esse grupo feminino da Happy Face Entertainment originalmente debutou em 2014 como Minx, com cinco membros e um conceito fofo. Depois, em 2017, a empresa decidiu que elas iriam debutar de novo, com outro nome, duas novas integrantes e uma temática mais sombria. As meninas ficaram bem conhecidas por suas músicas com instrumentais de rock, que combinam com a sonoridade clássica das openings de anime. Então, nada mais justo do que elas participarem de uma de verdade, né? Como outras bandas, elas também têm versões em japonês de suas canções e algumas inéditas. Confira o vídeo de Eclipse abaixo:

Em 2019, as meninas do Dreamcatcher lançaram um álbum (em coreano) chamado Raid of Dream, que é todo inspirado no jogo original. Ele foi feito em colaboração com a desenvolvedora. Você pode conferir o clipe da música-título, Deja Vu, neste link. Depois dessa parceria, elas foram convidadas para participar da abertura do anime, dessa vez cantando em japonês.

BÔNUS

TXT marcando presença nessa lista mais uma vez. Não é exatamente uma música de anime, mas ela precisava estar aqui como menção honrosa. Para o lançamento da versão em japonês de sua canção Drama, o grupo entregou um clipe cheio de referências a animações japonesas. No vídeo, há cenas em que os integrantes estão em uma quadra de vôlei e vestindo uniformes de times como os de Haikyuu!!. Coincidência ou não, o MV foi lançado no chamado Dia do Haikyuu!!, comemorado em 19 de agosto. É para deixar qualquer fã animado, não é mesmo? Assista abaixo:


Essas músicas cantadas por ídolos de K-pop acabam trazendo estilos diferentes para as aberturas e encerramentos de anime, fugindo do habitual rock japonês (J-Rock). Essa variedade é ótima para a indústria do entretenimento e é um jeito de abrir esses mercados internacionalmente. Os dois lados saem ganhando: tanto os artistas como as obras ganham visibilidade, um por causa do outro.

Qual dessas músicas que a gente listou é a sua favorita? Faltou alguma que não falamos aqui? Comente abaixo! Você curte esses animes da lista? Quer um post específico sobre algum deles? Deixe tudo para nós nos comentários! Estamos curiosos para saber: você conheceu algum artista por causa da animação, ou vice-versa? Temos bastante conteúdo sobre animes, mangás e K-pop aqui na Korall Design, então fique ligado. Sempre avisamos quando temos novas postagens lá no nosso Instagram. Não deixe de seguir!

Este post tem um comentário

  1. Que super legal esta ideia como tema da publicação! Gosto muito de K POP. Embora conheça muitos grupos já mais velhos, recentemente tenho escutado e gostado do stray kids 🥰❤️
    Muito boa esta junção de elementos culturais para valorizar ainda mais os produtos, ou seja música e animação, coreanos e japoneses fortalecendo uma cultura asiática para o mundo … incluindo o ocidental ❤️

Deixe um comentário